Textual description of firstImageUrl

Ransomware infectou o mundo todo


Todo o cuidado é pouco: mais uma vez uma praga virtual classificada de ransomware infectou o mundo todo num ataque direto e certeiro.


A onda mundial de ciberataques que foi efetuada ontem aproveitou uma falha do Windows que a própria gigante de softwares - Microsoft - informa que já corrigiu.
ransomware-infectou-o-mundo-todo
Após o WannaCry detonar milhares de computadores em todo o mundo, a Microsoft recomendou-nos que atualizemos de imediato nossos sistemas operacionais.

WannaCry é uma praga virtual classificada como ransomware. Uma vez instalada no computador, bloqueia o acesso a qualquer tipo de informação e pede um resgate pelos seus dados.

Para o ataque de ontem se utilizou um ransomware identificado como Ransomware Petrwrap, que na verdade é uma versão modificada do ransonware Petya.

O vírus em questão exibe na tela dos aparelhos infectados (de todo o mundo) um pedido de resgate de 300 Dólares para desbloquear os dispositivos eletrônicos que foram infectados...

ransomware-schroedinger-petya

O laboratório de farmácias Merck foi a primeira vítima americana a ter seus sistemas afetados. 

Vocês lembram que eu avisei aqui no Blog que estas pragas virtuais iriam voltar com força total ?

Pois é, o ransonware Wannacry e o ransomware Fireball afetaram milhares de computadores em todo o mundo, paralisando até o serviço de saúde britânico e a montadora francesa Renault. Isso não iria ficar só ali não é ?

Só pra se ter uma idéia do estrago aqui no Brasil, o Hospital do Câncer de Barretos foi uma das instituições afetadas pelo ataque globalizado causado pelo ransomware Petya.

Todas as unidades do hospital em Barretos e Porto Velho foram afetadas, e várias unidades de prevenção espalhadas pelo Brasil também foram.

O atendimento dos 6 mil pacientes diários do complexo hospitalar foram prejudicados. Não é pouca coisa não.
paises-infectados-por-ransomware
Ataque de Ransomware pelo mundo !
Eu canso de avisar e informar que precisamos manter o backup de nossos computadores e sistemas em dia, mas muitos nem me dão atenção, pois acham que não acessam nada que lhes possa infectar. 
Um aspecto que eu gostaria de ressaltar sobre esta vulnerabilidade dos sistemas, é que não depende apenas de uma ação indevida dos usuários para ser explorado ou infectado, basta apenas que usuários abram um documento enviado por email usando o Microsoft Word ou Microsoft Wordpad para a infeção dar início.

A velocidade do aumento de golpes com ransomware mostra o quanto estão engajados os cibercriminosos.


Segundo elaborado e divulgado pela  Kaspersky Lab , o nível de infecções por país pode ser visto no gráfico abaixo.
ransomware-petya
Conclusão:
Ainda vale aquela velha frase: Vale mais a pena prevenir do que remediar. E isso em Tecnologia da Informação é tudo !


Gostou do artigo ? Comente, curta e compartilhe !

Este conteúdo foi recomendado especialmente para você !

Aproveite e dê uma olhada nos 5 artigos mais lidos no site !