Textual description of firstImageUrl

Brasil é vítima de cibercrime


Alerta geral - O Brasil é o segundo país com o maior número de vítimas envolvendo o cibercrime.


O excesso de confiança das pessoas no ambiente on-line está colaborando cada vez mais para o aumento de cibercrimes no mundo, no Brasil não é diferente.
brasil-e-vitima-de-cibercrime
Atualmente mais de 60% das residências brasileiras têm acesso a internet, e a conexão nos lares via dispositivos móveis dobrou nos últimos 2 anos em ritmo bem acelerado.

Um detalhe importante:
Os usuários que mais enfatizam a segurança cibernética, são os mais propícios a sofrerem um  ataque cibernético.

Normalmente o comportamento destes usuários no ambiente virtual não condiz com o comportamento deles no mundo off line, on line estes usuários ficam mais vulneráveis e comentem erros simples.

O número recorde de ataques no último ano (2017) aponta que devemos ficar mais atentos quando se trata do manuseio de nossas informações pessoais no mundo virtual.

Hackers tem usado ataques de phishing para enviar e-mails de cunho pessoal a fim de convencer usuários a abrir links ou baixar arquivos maliciosos que infectem seus computadores imediatamente.

Vamos navegar mais seguramente ?
Estando preocupado, o Google anunciou recentemente que o navegador Google Chrome passou a marcar todos os sites que usam conexões HTTP não criptografadas como “sites não seguros”.

O protocolo HTTPS fornece criptografia de ponta-a-ponta entre o servidor de um site e seu computador, impedindo que os curiosos possam ver suas mensagens enviadas para um site ou as informações que tenha baixado - fica a dica.

Os proprietários de sites que não possuem HTTPS como seu protocolo padrão, deverão levar em consideração a reação dos visitantes ao aviso, e implantar tão breve quanto possível o protocolo.

Lá no www.spidermail.com.br, todos foram segurados através de https.

Conclusão:
Segurança é uma tarefa diária a ser praticada, não adianta só instalar antivírus ou antimalware se o seu comportamento on line não condiz com sua conduta off line.

Gostou do artigo ? Então comente, curta e compartilhe !

Aproveite e dê uma olhada nos 10 artigos mais lidos no site !