Textual description of firstImageUrl

Whatsapp a fonte do cibercrime no Brasil


O WhatsApp está se tronando o principal canal do cibercrime no Brasil, mas tem como a gente se proteger disso.


Com o passar dos anos, o sucessão de notícias sobre golpes realizados em aplicativos de mesangens  cresceu de maneira muito expressiva. Várias pesquisas tem confirmado, ou acusam o aplicativo WhatsApp de ser o principal canal de ataque de cibercriminosos Brasileiros entre outubro e dezembro de 2017.
whatsapp-fonte-do-cibercrime-no-brasil
Segundo dados extraídos da web, mais de 44 milhões de tentativas de ataque pelo WhatsApp foram realizadas no último trimestre de 2017.

Este resultado foi 107% maior que o registrado no trimestre anterior, com 21 milhões de golpes sucessivos.

O principal ataque realizado é o ataque de phishing, sempre acompanhado com um link malicioso.

Caso você não saiba, o ataque de phishing é um dos métodos de ataque mais antigos e funcionais, já que parte do trabalho é enganar o usuário não importa o dispositivo que use.

Com o ataque de phishing um cibercriminoso pode enviar um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro, ou até estar devendo algum valor, normalmente um link acompanha o texto para você solucionar seu problema.

O phishing também é deveras caracterizado por criar sites falsos que solicitam dados do visitantes.

O truque da armadilha acontece quando você clica nesse link e insere os seus dados pessoais como logins/nomes e senhas de sites ao qual você faz parte.

Há um imenso ataque de golpes de phishing que temos presenciado nestes últimos meses. Alguns são passagens grátis de companhias aéreas, promoções de compra de cápsulas de café, presentes de filmes sob demanda, brindes de chocolates e perfumes, e muitos outros por aí. A lista é imensa e não para de crescer.

Você precisa entender que os melhores softwares antimalware e antivirus não conseguem deter phishing, isso depende muito mais do usuário.

suporte-tecnico-personalizado-para-empresas

Nós temos que usar nosso senso de discernimento e desconfiar de promoções, promessas de brindes e grandes descontos fantásticos que circulam pela internet e Whatsapp.

Será necessário criarmos o precioso hábito de não compartilharmos tudo que recebemos pelo computador ou smartphone com amigos e familiares, antes de termos certeza da legalidade daquelas informações.

Gostaria de te convidar a ler estes 2 artigos abaixo:

Artigo 1:
Defenda-se de 5 ataques cibernéticos que você provavelmente enfrentará em algum momento de sua vida, querendo ou não !

Artigo 2:
Guia definitivo com 5 passos para criar uma cibercultura de segurança dentro da empresa.

Conclusão:
Para nos protegermos precisamos ter mais consciência, e informações também. Não adianta possuir a melhor proteção se quem está na frente da tela não ajuda.

Gostou do artigo ? Então comente, curta e compartilhe !

Este conteúdo foi recomendado especialmente para você !

Aproveite e dê uma olhada nos 5 artigos mais lidos no site !