Textual description of firstImageUrl

Eu vs Realidade Virtual


Como a Realidade Virtual está mudando a Experiência do Usuário: da prototipagem ao design do dispositivo.


Um dos assuntos mais interessantes (pra mim pelo menos) é como a Realidade Virtual está mudando a forma como definimos a experiência do usuário, porém o principal disso é que experiências devem ser focadas nas pessoas.
eu-vs-realidade-virtual
Você já se perguntou como seria viajar para o espaço se você pudesse ? Ou até assistir The Beatles ou Jimi Hendrix tocar em um concerto ?

Pois é, com os últimos desenvolvimentos em Realidade Virtual seus sonhos podem se tornar uma realidade simulada direto do conforto do seu sofá em sua casa.

Mas afinal o que estas novas tecnologias significam para a experiência do usuário ? Ou para nós mortais ?

Com plataformas emergentes e os desenvolvimentos rápidos em tecnologia, a experiência do usuário é fundamental para que essas tecnologias tenham sucesso.

Porque se as pessoas realmente adotarem essas novas tecnologias em suas vidas diárias, elas precisarão ser boas o suficiente e serem confiáveis.

Como o jornalista Daniel Terdiman salienta:
"As empresas RV estão profundamente cientes de que experiências de RV ruins em qualquer plataforma ou qualquer dispositivo podem fazer as pessoas se desligarem para sempre de toda esta nova tecnologia".

O que é RV ou Realidade Virtual ?
Antes de entender como a RV está mudando a experiência do usuário vejamos quais tecnologias surgiram nos últimos anos. Existe alguma confusão entre os diferentes termos, então aqui neste artigo há algum esclarecimento.

Para começar, as três principais tecnologias que alteram a realidade são:

Realidade Virtual (RV):
A realidade virtual cria um novo mundo. Uma realidade simulada se você preferir. O que a RV faz é transportar o usuário para um lugar diferente, um lugar gerado inteiramente pela tecnologia. Se você precisa de uma imagem mental, pense em fones de ouvido RV como o Oculus Rift, que criam um mundo somente para você.

Realidade Aumentada (RA):
A RA supera imagens geradas ou vídeo em cima da realidade. Pokémon Go ou o aplicativo do catálogo Ikea, que permitem que você veja como seus móveis ficarão em sua casa antes de comprá-lo.

Realidade Mista (RM):
A RM é exatamente isso. Combina imagens geradas e objetos do mundo real. De acordo com Keith Curtin, é a tecnologia mais importante de 2017. O que a realidade mista faz, é dar presença no mundo real a objetos virtuais inteligentes.


A prototipagem desempenha algum papel na RV ?
Sim, é claro que sim ! Uma vez que a experiência do usuário é parte integrante da realidade virtual, a prototipagem é essencial para criar uma experiência de RV confiável.

Conseguir uma experiência de RV perfeita é algo primordial, e um rascunho interativo pode aproximá-lo do sucesso com iterações rápidas.

É necessário definir interações e criar um fluxo de trabalho lógico, mesmo ao projetar uma experiência VR (Virtual Reality). Mesmo que seja uma realidade virtual, o projeto de UI (User Interface) ainda ocupa um lugar central.

Bom UX (User Experience) para VR:
Experiências ruins podem prejudicar a RV, então quais os princípios necessários para evitar soluços em uma experiência de usuário RV ?

#1 - Uma experiência dentro da RV deve ser credível. Isso significa sentir como se estivesse realmente lá

#2 - RV deve ser interativo para funcionar bem, então; quando você estende o braço por exemplo, o mundo RV deve replicar esses movimentos.

#3 - Você deve poder caminhar ou até voar em torno de um ambiente.

#4 - Misture a exploração e a credibilidade e você fica imersivo - desfrutando a experiência de qualquer ângulo.

Exemplos do uso e sucesso da VR UX:

De acordo com Rendever, 50% dos residentes em experiência assistida experimentam depressão e isolamento. A empresa procurou reduzir esse número usando a tecnologia RV de forma inovadora. Bingo !

Realidade Virtual para idosos:
Imagine a cena: você é um idoso incapacitado e incapaz de viajar. Mas o casamento da sua neta está acontecendo do outro lado do país.

Normalmente, isso resultaria em um avô desapontado e aborrecido que está perdendo o grande dia. Mas com RV, sentar-se na primeira fila do casamento agora é possível. Graças a Realidade Virtual.

"[Os idosos] podem experimentar momentos poderosos que uma imagem 2D não proporcionaria"

Viajar durante uma cirurgia com RV:
A RV também é usada em medicina. Os cirurgiões levaram a RV para ajudar seus pacientes a permanecerem calmos enquanto sofrem cirurgias importantes.

O anestésico é usado para sedar pacientes, mas há casos em que isso não é possível.
eu-vs-realidade-virtual-2
Para ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse durante uma operação, uma clínica médica privada na Cidade do México usa fones de ouvido VR para transportar pacientes para destinos como Machu Picchu no Peru mantendo-os distraídos enquanto eles são submetidos a tratamento. Funcionou !

VR ajuda a reduzir a dor entre os pacientes:
Na Califórnia, o psicólogo Hunter Hoffman desenvolveu um jogo de RV para ajudar a reduzir a dor.


O que é notável sobre os usuários da SnowWorld foi que eles relataram até 50% menos dor do que aqueles que tentam outros meios para distraí-los de sua dor; isso é uma excelente experiência de usuário não acham ?

Desafios da UX ao criar experiências VR:
Os usuários podem ter medo de tentar a RV se eles já tiveram tido uma experiência ruim com ela. Então, o design UX, ou melhor ainda o design bom UX, deve ser central para qualquer experiência de RV.

Isso significa que todos os pequenos detalhes devem ser considerados, desde iluminação adequada e movimentos de fluidos até um design realista.

Melhore a experiência do usuário dentro e fora da realidade virtual:
Mas a UX vai além da realidade virtual. O design do dispositivo também desempenha um papel importante.

Ninguém quer usar um fone de ouvido fraco e pesado. Para aprimorar a experiência do RV, criar um fone de ouvido leve e versátil é fundamental, caso contrário, os usuários não serão capazes de mergulhar plenamente na realidade virtual, se tudo o que tem em sua mente é um fone de ouvido que está causando dor no pescoço ou é desconfortável.

Tornar sua experiência VR crível:
Um dos desafios primordiais que a VR apresenta é que uma experiência pode não parecer ou se sentir real.
eu-vs-realidade-virtual-3
O design UX de uma experiência VR deve ser o mais convincente possível. Isso significa dar aos usuários o controle total da experiência para que eles estejam no banco do motorista.

As interações são necessárias para que os usuários possam esquecer que estão em uma realidade simulada. Para resolver este problema UX, muitas experiências VR estão em 360° com uma experiência totalmente imersiva.

Atualizando as ferramentas relacionadas ao 3D:
Desenvolvedores de UX precisam estar além dos últimos desenvolvimentos em tecnologia e isso inclui metodologias de teste do usuário.

Quando é criado um novo design, testes de usuários contínuos e rigorosos ajudam a avaliar se algo funcionou.

Conclusão:
A Realidade Virtual abre muitas portas para nossa experiência e nosso futuro, vamos aguardar pra ver isso tudo acontecer o mais rápido possível por favor !

Fonte deste artigo: UX Planet

Gostou do artigo ? Comente, curta e compartilhe !

Aproveite e dê uma olhada nos 10 artigos mais lidos no site !