Este blog te ajudou? Ajude o blog com 5 Reais apenas!

Textual description of firstImageUrl

Browser TOR vs VPN - Qual usar ?


Navegar usando o Browser TOR ou navegar usando uma VPN? Qual é o melhor?


Para começar, eu quero explicar o motivo deste artigo ser escrito por mim e com minhas experiências pessoais, espero que não seja chato de ler e confuso, pois o tema é bem complexo para escrever em poucas linhas e de uma forma que todos entendam.

Browser-TOR-ou-VPN












Com a ascensão no mundo do trabalho remoto devido a pandemia de COVID-19, muitas pessoas estão trabalhando remotamente, e desta forma estão preocupados com a segurança de seus dados.

Por mais que façamos nossa parte, e aqui no blog tem vários artigos que elucidam como navegar mais seguro e até manter privacidade; vocês já leram ou viram notícias na TV e outros blogs e jornais falando dos últimos vazamentos de dados neste anos de 2021. Certo?

TOR x VPN – qual é o caso mais seguro?
Eu tenho sido consultado constantemente (todo os dias desde o início da pandemia de coronavírus) por amigos e empresas que estão preocupadas em proteger seus dados e os dados de seus funcionários.

Eu tenho recomendado usar o navegador TOR para algumas situações e VPN para outras.

O Navegador TOR e os serviços de VPN geralmente tem sido vistos como iguais, mas na verdade nenhum deles é necessariamente melhor do que o outro, muito pelo contrário, TOR e VPN são simplesmente produtos diferentes. Embora uma VPN possa ser mais adequada em um contexto empresa, o navegador TOR pode ser mais adequado em outro contexto dentro e fora da empresa.

Como o TOR e uma VPN funcionam? É melhor usar uma VPN ou TOR?

VPNs:
Simplesmente o que as VPNs fazem é pegar sua conexão, criptografá-la e passá-la através de um servidor ou servidores. Isso significa que em vez de seu computador entrar em contato diretamente com por exemplo www.gestortecnico.net , ele primeiro vai para um servidor e, em seguida, para www.gestortecnico.net .


Esse processo proporciona alguns benefícios:
Primeiro, a criptografia e o desvio do seu tráfego significa que qualquer pessoa entre você e o servidor não poderá ver o que você está fazendo ou com quem você está realmente falando. Por exemplo, se você estiver usando um wi-fi público, qualquer pessoa na rede que monitore sua conexão verá apenas lixo enviado para um servidor aleatório. O mesmo se aplica ao seu Provedor de Serviços de Internet (ISP) fica aqui a dica se você entendeu.

Segundo benefício:
O segundo benefício é que o site que você está visitando vai pensar que você está em algum lugar que você não está. Deixe me exemplificar: se você estiver em Portugal e o servidor VPN estiver na França, qualquer site que você visitar pensará que você é da França. Isso permite que você contorne certas restrições geográficas em serviços como Netflix ou Amazon Prime. Isto também aumenta sua privacidade, impedindo que os sites saibam sua localização real.

Sempre tem a parte ruim:
Tudo o que você faz através de uma VPN também é vista pelo servidor VPN. Embora muitos serviços de VPN afirmem não registrar as atividades dos seus usuários, temos que lembrar que isso é simplesmente uma promessa para nós usuários, e promessas...

Se o provedor de VPN recebeu uma ordem judicial, provavelmente o provedor vai encontrar uma maneira de vincular a sua atividade de volta a você, seja revelando por onde você navega ou registrando atividades de sua conta em qualquer acesso. Então, enquanto as VPNs são ótimas para situações de baixo risco, elas não são de forma alguma ideais para quando você precisa de total anonimato.


Navegador TOR:
O TOR funciona um pouco diferente. Em vez de se conectar diretamente a um servidor de sua escolha, sua conexão é criptografada, além de saltar em torno de 3, 4 ou 5 outros servidores (geralmente chamados de relays ou nodes), antes de ser descriptografada e enviada para o seu destino.

Uma coisa importante que desejo ressaltar aqui é que enquanto o primeiro servidor ao qual você se conecta sabe sua localização, o segundo servidor da cadeia de saltos só sabe que os dados vieram do primeiro servidor, e o terceiro servidor só sabe que os dados vieram do segundo servidor e assim por diante. Isso lhe dá total anonimato, pois o quarto ou quinto servidor não pode saber a origem dos dados.

TOR X VPN - existe diferença?
Como a grande maioria dos servidores TOR eles não registram sua atividade, é quase impossível relacionar os dados no final da cadeia a um ponto de origem. Na verdade, essa estratégia de anonimização é tão eficaz que a NSA raramente pode desanonimizar um usuário TOR, mesmo com toda a parafernália que eles possuem.

Criptografia de ponta:
Somado a isso, como o TOR criptografa sua conexão, ele fornece os mesmos benefícios que uma VPN para impedir que intermediários como seu ISP vejam seu tráfego, embora haja uma ressalva nisso. O último servidor é onde a descriptografia acontece criando assim um ponto de vulnerabilidade onde seus dados podem ser espionados. Um hacker malicioso monitorando conexões aleatórias no último servidor da cadeia (chamado de relay de saída) tem a capacidade de ler todos os dados descriptografados.


Portanto, se você está enviando dados confidenciais ou privados através de uma conexão não criptografada HTTP comum (o que você não deveria estar fazendo de maneira nenhuma), poderia ser completamente lido. No entanto, se você estiver usando HTTPS, que geralmente pode ser ativado com um complemento como HTTPS-Everywhere, então seus dados são criptografados com segurança e você tem relativamente pouco com o que se preocupar.

Além disso, mesmo um servidor malicioso não poderia desanonimizar você a menos que o conteúdo fosse pessoalmente identificável, ou seja: incluir seu e-mail, nome, endereço, etc...

Quando usar uma VPN?
Eu acho que você deve estar pensando: vou usar apenas o TOR devido ao anonimato que ele fornece, certo? Não é bem assim: o anonimato do TOR vem ao custo da velocidade, pois geralmente é mais lento do que uma VPN. Embora ainda seja suficientemente rápido o suficiente para navegar em sites estáticos, baixar torrents ou até assistir "alguns" vídeos em HD.

As VPNs são perfeitas em situações em que o nível de ameaça é baixo e a largura de banda é alta. Situações de baixa ameaça são aquelas em que o custo ou o risco de ser desanonimizado traria pouco dano a você.

Exemplos disso podem incluir qualquer situação desde navegar casualmente na internet, evitando o Google Analytics, Cookies, etc... Efetivamente, as VPNs são ótimas para alcançar privacidade na navegação diária e utilização de aplicativos de baixo risco/largura de banda pesadas.


Quando usar o TOR?
O Navegador TOR é melhor utilizado para situações que requerem um alto nível de anonimato. Se o seu nível de ameaça é alto e é possível que monitores mais capazes como a aplicação de lei tentem desanonimizar você, então você precisa usar o TOR para permanecer completamente anônimo.

O que isso significa?
Isso significa que se você é um jornalista lidando com fontes ou documentos sensíveis, um denunciante, um ativista político ou um cidadão vivendo em um regime opressivo onde a internet está sendo fortemente vigiada como os dias atuais, então as promessas fornecidas pelas empresas VPN não serão suficientes para mantê-lo anônimo.

Eu acho que você deveria usar o TOR embora tenha em mente que o TOR não deverá ser confiável ao nível de à prova de balas. Temos que estar cientes que em algum momento a desanonimização será possível por agências de segurança da informação. É claro que a segurança nacional não vai perder seu tempo desanonimizando você a menos que você seja muito valioso, e usar o TOR é melhor do que não usar, entende meu ponto de vista?

O Navegador TOR tem uma imensidão de usuários, caso contrário, pode-se supor que todo usuário do TOR deveria ser monitorado e investigado. Então, se você está navegando em sites que são baixos em largura de banda, como o Reddit, então o TOR é uma ótima opção. Não só é livre para usar enquanto tem uma velocidade perfeitamente aceitável para o conteúdo estático, assim como você estará se protegendo diretamente "daqueles" que precisam disso para sobreviver.


Conclusão:
Se você é um usuário casual que está preocupado com sua privacidade, então use uma VPN. Alternativamente, se você é um usuário casual que não se importa com um pouco mais de latência, não está enviando tráfego sensível sobre conexões HTTP não criptografadas, e não está usando uma grande quantidade de largura de banda, então use o TOR.

Use-o sabiamente, tendo em mente que o sistema é apenas uma ferramenta para o anonimato, e maus hábitos ainda podem revelá-lo a um adversário motivado e poderoso. Tenha em mente que existem outros fatores que podem empurrá-lo em uma direção ou outra, mas seguir algumas boas diretrizes é um bom começo.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Por favor, evite palavras de baixo calão, ou qualquer tipo de ofensas. Seja construtivo ao comentar !

Este conteúdo foi recomendado especialmente para você !