Textual description of firstImageUrl

A diferenca entre criptografia no WiFi


Mesmo sabendo que precisamos proteger ao máximo nossa rede WiFi, surge uma dúvida cruel sobre qual tipo ou nível de criptografia deveremos usar: WEP, WPA ou WPA2 ?


Os leitores daqui do site tem enviado peguntas através de e-mail. Apesar de eu responder todas (eu disse todas) eu preferia que postassem nos comentários. Acho que desta forma, outros poderiam ajudar também, como foi o caso do WiFi compartilhado do NET Virtua sem sua permissão.
a-diferenca-entre-criptografia-no-wifi.html
Mas vamos ao que interessa. Afinal pra que servem estes níveis de proteção criptográfica se você não souber usar nenhum deles, não é  ?

Proteção e segurança de sua rede e de seus dados. Esta é a resposta. É sua rede, são seus dados. Você leu o artigo sobre Vírus, Trojans, Ransonware e Malware ? Acho que não é preciso dizer mais nada não é ?

Entender as diferenças entre os protocolos de criptografia, e implementar a segurança mais avançada que um roteador pode suportar, é a diferença que torna você mais protegido e blindado.
Eu lembro bem que no final da década de 90, algoritmos de segurança WiFi foram atualizados e vários protocolos foram banidos para dar lugar a protocolos de criptografia mais avançados. Vamos ver abaixo os mais usados nos roteadores WiFi mais comuns no mercado.

Chave WEP - Wired Equivalent Privacy:
A WEP Key é o algoritmo de segurança WiFi mais utilizado no mundo, pois é um padrão que permite a compatibilidade com versões antigas de dispositivos.

Porém precisamos frisar aqui que apesar de vários upgrades em seu código, inúmeras falhas de segurança foram descobertas com o passar dos anos.

Em 2005 o FBI deu uma demonstração pública visando aumentar a consciência sobre as fraquezas da Chave WEP, onde eles quebravam a segurança de senhas WEP em minutos usando um software disponível gratuitamente na internet.

Chave WPA - WiFi Protected Access:
A chave WPA foi uma resposta rápida e direta da WiFi Aliance onde ouve a substituição as cada vez mais aparentes brechas e vulnerabilidades do padrão de Chaves WEP.

Em 2003 foi completamente adotado o padrão WPA, e, um ano antes o padrão de Chaves WEP foi oficialmente aposentado.

A configuração mais comum que encontro é a WPA-PSK Pre-Shared Key. A chave criptográfica utilizada pelo WPA é de 256 bits, um aumento bem grande em relação as chaves de 64 bits e 128 bits usados no sistema WEP, não é verdade ?

Chave WPA2 - Wi-Fi Protected Access II:
O padrão de chaves WPA foi oficialmente substituído a partir do ano de 2006 pelo padrão de chaves WPA2.

Uma das mudanças mais impactantes e significantes entre o WPA e WPA2 foi o uso obrigatório de algorítmos criptográficos AES, e, a introdução de CCMP - Counter Cipher Mode with Block Chaining Message Authentication Code Protocol.
Talvez você esteja olhando seu roteador Wifi agora e vendo qual o tipo de segurança criptográfica está definido para ele. Se está com o padrão WPA, tudo bem, mas se está com WEP...

Bem. é melhor ficar preocupado. Se eu fosse você eu ficaria !

Em ordem de prioridade e segurança do mais seguro para o menos seguro temos:
  1. WPA2 + AES
  2. WPA + AES
  3. WPA + TKIP/AES
  4. WPA + TKIP
  5. WEP
Se você tem a função WiFi Protected Setup - WPS em seu roteador, desabilite agora, fazendo um favor a você mesmo, depois defina o nível de segurança para WPA2 de preferência.

Gostou do artigo ? Compartilhe por favor !

Aproveite e dê uma olhada nos 10 artigos mais lidos no site !